• denuncias
  • peticionamento
  • mediacao
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
    • nao-e-folia-capa-face
    • Campanha Combate Trabalho Escravo
    • banner mudanca sede
    • 00
    • RESGATE A INFANCIA980x330
    • MPT cadastra entidades para destinação de recursos
    • Procuradoria Regional do Trabalho da 1ª Região inicia mudança para nova sede.
    • Confira o vídeo e conheça o projeto do MPT “Resgate a Infância”, que visa combater o trabalho infantil e conscientizar sobre a importância do cumprimento da Lei da Aprendizagem
    • Documentário expõe alto índice de mortes no trabalho. Clique para assistir.

    Eleições no Sintergia-RJ são suspensas por decisão judicial a pedido do MPT-RJ

    As eleições no Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Energia do Rio de Janeiro e Região (Sintergia-RJ), previstas para os dias 20 e 21 de fevereiro, foram suspensas e anuladas por decisão judicial da 54ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro (VTRJ). Em ação ajuizada pelos associados, após a manifestação do Ministério Público do Trabalho, a MM Juíza da 54ª VTRJ, reconheceu a existência de irregularidades no processo eleitoral e declarou a sua nulidade e imediata suspensão.

    Imprimir

    Campanha Carnaval 2018

    O Ministério Público do Trabalho (MPT), em parceria com a Associação de Ex-Conselheiros e Conselheiros da Infância (AECCI), reforça a campanha #Chegadetrabalhoinfantil no período de Carnaval, com o slogan "Trabalho Infantil Não é Folia". O objetivo é alertar os foliões, blocos e a sociedade em geral para a situação de crianças e adolescentes que trabalham invisíveis e desprotegidas no cenário de fantasias, alegria e confetes, com seus direitos fundamentais violados.

    Imprimir

    MPT promove audiência sobre o caso do jornalista William Waack

    O Ministério Público do Trabalho do Rio de Janeiro (MPT-RJ) realizou nessa terça feira (06/02), no auditório do órgão, audiência para discutir os desdobramentos do procedimento promocional, instaurado em razão da repercussão de um vídeo do jornalista William Waack, à época responsável pela apresentação do Jornal da Globo, da Rede Globo de Televisão.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • AUDIN
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos